DATA-BASE – Ratinho Jr.

Guerreiros e guerreiras Policiais Civis, minhas sinceras saudações.

SINDIPOL, em um segundo momento, na capital paranaense, integrou um valoroso grupo de sindicatos de servidores públicos do Paraná para discutir e organizar frente de combate em busca da DATA-BASE. Foram discutidas várias estratégias de atuação, bem como sua progressividade, além é claro de reunir o máximo de dados e informações reais a respeito do assunto (DATA-BASE), das finanças do estado e do discurso do governo sobre os mesmos.

No momento seguinte à reunião do FES (SINDIPOL, APP Sindicato, SIndsaúde, SindiSeab, Sindarspen, SindiJus, Sintemar, Assuel, Sinteoeste, Sintesu, Sindel e outras nobres entidades) rumaram para o Palácio Iguaçu para encontro com integrantes da Casa Civil. Fomos recebidos no salão dos governadores, onde a equipe da Casa Civil nos ouviu atentamente, recebendo documentos de reivindicações dos servidores públicos, principalmente no que se refere á DATA-BASE.

Porém, por decisão colegiada dos Presidentes de sindicatos e representantes, o FES decidiu não considerar como encontro oficial da Casa Civil (governo) com o FES, ficando acertado uma nova reunião, depois do carnaval, com a presença do Secretário da Casa Civil e integrantes do governo para tratar da DATA-BASE (principalmente) e outros assuntos correlatos aos direitos dos servidores públicos do Paraná.

SINDIPOL, novamente, reafirma seu compromisso com TODOS os Policias Civis, colocando como prioridade a LUTA por direitos que atinjam tanto Policias da Ativa, como os Policias Aposentados, tendo por reflexo imediato em seu lares  e familiares, que sofrem diariamente com a perda de poder de compra, fruto da nefasta política governamental de não REPOSIÇÃO INFLACIONÁRIA (DATA-BASE), que serve tão apenas para sustentar um sem fim de privilégios de amigos do rei, que continuam com suas polpudas remunerações e ávidos por fazerem suas indicações de cargos comissionados.  Isso tem que acabar. Novos rumos para um novo Brasil.

Ressaltamos que paralelamente, o SINDIPOL,  continua atuando em vários fronts de defesa dos Policiais em suas especificidades de condições e atuações laborais, mas se faz necessário um agrupamento de forças em prol de reconquistar nosso direito de bem sustentar nossas famílias, nossas crianças e idosos, que dependem de um gesto, mais do que justo e legal por parte do Governador Ratinho Jr., de um GESTO HUMANO, típico dos grandes líderes e estadistas, que sabem bem observar e reconhecer a necessidade de dar o que é de direito alimentar aos que doam suas vidas cotidianamente para o bem e segurança de todos.

Deus esteja conosco e ilumine as decisões dos nossos governantes.

Michel Franco Presidente SINDIPOL – Pr

Verifique Também

DATA-BASE – Segundo round

Saudações Policiais Civis De antemão, peço que relevem os eventuais erros no texto a seguir, …

Deixe uma resposta